Descubra a importância de fazer a manutenção alarme

A manutenção alarme é essencial para garantir o bom funcionamento e durabilidade do seu dispositivo de segurança. Além disso, por ser um sistema que funciona diariamente e durante horas, podem ocorrer falhas em algumas peças. Esses problemas serão identificados e solucionados facilmente durante uma visita técnica preventiva. 

Assim, você evita que o seu ambiente fique vulnerável, reduz a necessidade de consertos maiores (que demandam serviços mais complexos e gastos elevados) e, é claro, protege o imóvel contra invasões, arrombamentos e incêndios. Siga a leitura e saiba mais sobre a importância de realizar manutenção alarme!

Vantagens da manutenção preventiva

Além de garantir a segurança e aumentar o prazo de vida útil do seu equipamento, a manutenção alarme preventiva é a alternativa ideal para quem quer evitar gastos fora do orçamento. Isso porque, ao contrário de uma correção emergencial, você pode escolher o período do ano que deseja contratar o serviço preventivo. 

O orçamento também é reduzido comparado aos consertos corretivos, já que qualquer problema será resolvido ainda no começo. Outra vantagem da manutenção alarme é a garantia do equipamento trabalhar sempre com o melhor desempenho, sem causar gastos excessivos de energia elétrica, falsos disparos e outros defeitos que prejudicam a performance do seu sistema de segurança. 

Manutenção alarme: entenda como o serviço é realizado

manutenção alarme

Como dito anteriormente, a manutenção alarme preventiva atua para evitar que imprevistos aconteçam. Ou seja, é necessário solicitar uma visita técnica periódica para avaliar a condição do sistema de segurança. Por outro lado, a manutenção corretiva é indicada para solucionar desgastes ou defeitos, quando o dispositivo já apresenta sinais de falhas. 

Em geral, os profissionais devem realizar os seguintes procedimentos nos dois tipos de serviços:

  • substituições de peças desgastadas;
  • teste dos disparos;
  • avaliação completa do sistema (no caso da manutenção periódica);
  • identificação do problema (no caso da manutenção corretiva);
  • revisão da bateria e central de alarme;
  • limpeza dos componentes.

Caso o seu sistema de alarme seja integrado com a cerca elétrica, é essencial realizar a manutenção nesse dispositivo também. Quer saber como? Continue no blog PHD e descubra de que maneira e quando fazer manutenção da cerca elétrica!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.